sexta-feira, 10 de agosto de 2007

Estatutos do Olhar

Artigo I
Fica estabelecida como identidade do ser humano não mais sua impressão digital e sua assinatura, mas seu olhar.

Artigo II
Fica decretado que o olhar é bem individual, tal como suas inúmeras interpretações. E é dever de todos respeitar a visão de mundo do próximo

Artigo III
Fica decretado que a beleza está para o olhar como este, por sua vez, está para a alma e que esta aliança entre os três é indissolúvel.

Artigo IV
Fica decretado que é irrevogável, inalienável e irrenunciável o direito de cada um emocionar-se diante das belezas da vida.

Artigo V
Fica proibido o condicionamento do olhar apenas para o mal, tal como qualquer expressão ou indício de indiferença no semblante diante da humilhação e exclusão alheias.
Parágrafo único
O olhar humano passa a ser livre como os olhos do condor que passeia sobre os Andes.

Artigo VI
Fica decretado que a verdade deixa, a partir de agora, de ser uma palavra para tornar-se a característica de cada olhar.
Parágrafo único
Cada dia passa a ser o Dia Oficial do “Olhar Com Bons Olhos”.

Artigo VII
Fica estabelecido que as lágrimas serão o único remédio do olhar sincero para a alma ferida.

Artigo VIII
Ficam estabelecidas como primeira e derradeira comunicações o olhar direcionado a outro.
Parágrafo Único
As palavras tornam-se meras coadjuvantes na comunicação diante da importância do olhar nos olhos.

Artigo IX
Fica estabelecido que a alma será o guia daqueles que, por decisão divina, nasceram sem ou perderam o dom da visão.

Artigo X
Passam a ser as Sete Maravilhas do Mundo:
a) O primeiro abrir de olhos do recém-nascido;
b) O olhar da mãe que amamenta o filho;
c) O olhar do pai que recebe o filho pela primeira vez no colo;
d) O olhar sábio dos idosos;
e) O olhar confortante da amizade;
f) O olhar da criança diante do brinquedo inesperado;
g) O olhar dos casais apaixonados.
E passa, também, a ser dever de todos contemplar, praticar e cultivar esses bens.

Artigo XI
Fica estabelecida a pureza do olhar como a suprema lei: a partir de agora, todos devem alinhar olhos e alma para contemplar o mundo, desbravando-o e redescobrindo-o com o deslumbramento dos olhos de uma eterna criança.

24 comentários:

0lga Freire disse...

Rapha os olhos são o espelho da alma, o olhar diz tudo de uma pessoa, adorei está lindo, Deus te abenções meu filho e te dê inspiração cada dia mais. te amo.

0lga Freire disse...

0 0lhar eh o espelho da alma, está lindo, parabéns e a foto diz tudo um bjo, te amo

Sue disse...

muito bem dito!

parabéns!

Alexandre Fonseca disse...

Não foi a toa que Alberto Cesar Araujo e Raphael Alves foram pioneiros nas caminhadas de olhares do grupo "a esrita da luz" de Manaus-AM.
Estes olhares são o que o grupo necessita, os olhares da alma, não da tecnologia...Seu texto lidos me faz fechar os olhos a cada artigo e viajo a imaginar cada um deles...seria tão mais belo que todos fossemos assim e seguissemos este estatuto..parabéns amigo.

Mariane Cruz disse...

Muito bom! Talvez o melhor de todos. De verdade. Só vc vendo o meu olhar pra saber... bjs

Daisy Camargo disse...

Querido amigo,
Seu blog é um lindo haikai visual.
Possam todos os seres sagrados conduzir seus passos por todos os momentos de sua vida.
Tashi Delek!

Anônimo disse...

Cara muito bom... Isso me fez lembrar um pouco a 'primeiridade' Pierceana, e de uma forma de lei ideal para todos... Parabéns.

Ia disse...

Tá ficando cada vez melhor
:D

sheila benjamin disse...

Fica decretado que eu sou sua fã.
Também fica decretado que eu quero ser você quando eu crescer.

Tati disse...

Taí, esse Estatuto bem que podia ser matéria obrigatória das provas que pretendo prestar.

Beijos.

Lissa disse...

Amigo,
A cada dia vc se supera!
Fica decretado a visita diária ao seu blog,tá mandando bem demais, parabéns!
Saudade das nossas saídas em Manaus para fotografar!!!
bjossss

André Marques disse...

po cara... e os pobres dos ceguinhos? sacanagem... deixou os caras de fora. rsrs
abraço pra ti mulek doido!

mya disse...

HAHHhahHA
pobre dos ceguinhos.



pode fazer algo sobre a percepção
né. com foto de um cego.
tá aí o seu proximo post!!!

na defesa dos ceguinhos.

muito bom o post viu senhor.beijos.

mya disse...

hhHHAHhah
"UM TANTO MAIS NÃO TÃO CÍTRICO!"

TE ODEIO.

Vitor-Hugo Alves disse...

Esse foi o melhor de todos, Raphael. Li várias vezes. Que bom se todos nós seguíssemos a risco.

Orgulho do pai.
(Exceto o fato de torcer pelo vasquinho!!!) Huahuahua

cla disse...

gostei muito da tua forma de olhar!

Alessandra Leite disse...

Nossa Rapha! Já te falei pelo msn o que achei desse post. Mas, olha, quero deixar decretado aqui também que o mundo precisa de olhares como os seus!

Perfeito!

Parabéns!

Arrasou!
Sou sua fã incondicional!

Um grande beijo!

Alê

Patrícia Antony disse...

Parabéns!!!

Você conseguiu através deste texto transmitir que o olhar é algo individual,e que fato mostra quem somos mesmos.Ah! falei c/ a minha chefa quando voltar a Manaus vai da umas aulinhas p/ nossos vereadores(kkkkkk).

Patrícia Antony disse...

Parabéns!!!

Você conseguiu através deste texto transmitir que o olhar é algo individual,e que fato mostra quem somos mesmos.Ah! falei c/ a minha chefa quando voltar a Manaus vai da umas aulinhas p/ nossos vereadores(kkkkkk).

Lobo da Estepe disse...

Rafael,
Adorei o "Estatuto do Olhar"! Acredito que o olhar é umas das maiores formas de expressão e comunicação do ser humano, realmente a "Janela da alma".

Parabéns pelo texto. Depois dele, segurei o seu blog.

jackie_wampi disse...

Já falei que me surpreendo com você a cada dia RAPHAEL...
Esse "Estatuto" é um dos mais belos textos que já vi aqui no se blog.

MEUS PARABENS!!!

ABRAÇOS

AH...QUERO FAZER UMA MATERIA COM VC PODE SER??

mau_sgomes disse...

Nossa Rapha!
Fiquei arrepiada de ler isto. Sou supeita para falar porque você sabe que sou sua fã de carteirinha. A única palavra que pode descrever este texto é: SUPERAÇÃO.
Bjs

Luiz C. Salama disse...

Rei Rapha I,

seguirei à risca esta coleção de artigos que promulgaste.

Ao contrário de outros, vi no Artigo IX que a deficiencia visual não implica em cegueira, mas no uso direto da Alma, apenas sem a janela do olhar.

Junta isso e publica que eu compro o livro.

rebeca disse...

não importam quantos poemas você faça e quantas fotos você sinta e capture, à essa combinação eu sempre volto para ler um estatuto tão verdadeiro, necessário e impraticado. ,O)