terça-feira, 5 de junho de 2007

Seiva no metal














Calor da vida... Frio do metal
A flor... O arame
É um certame?
Sim... Desencontro sentimental

O vento sussurra
A flor morre
A seiva escorre
O metal enferruja

O frio do metal persiste
Pare o momento!
Muita dor...

Que coisa triste
Tudo cinzento
A vida perde a cor

5 comentários:

Fábio Ciquini disse...

Genial fotografia e texto primoroso. A combinação paradoxal dos elementos da imagem com o texto está de primeira.

André Marques disse...

foto muito louca cara! é tua?

Tricia Cabral disse...

Saudade que deixa dor...

Bruno disse...

Cara, essa foto tá ótima!!! Parabéns!!!

tabata disse...

Rapha
muito lindo, não so essa como todas!
combinação perfeita de imagem e palavras!

parabéns!!