terça-feira, 5 de janeiro de 2010

Só uma tarde


Gostava de ti, ó Sol, atrás dos montes
Forte, altivo, sozinho
bronzeando horizontes
iluminando meu caminho

Gostava de ti, mas a noite que chegava
tão escura, tão fria
não avisou o quanto pesava
e maltratava o que fora um dia

O Sol... Outrora tão quente...
apagaram-no numa tarde caída
nem parecia de verdade...

Ah, o Sol! Antes tão contente!
sempre esteve em minha vida
pena que durou só uma tarde

10 comentários:

Virgínia Allan disse...

O sol amante, companheiro de jornada, cuja beleza e esplendor só entende quem tem a alma clara, iluminada. Capturas o tempo e a verdade através da escrita e da fotografia, deixas impressos momentos de eternidade que nunca hão de durar apenas uma tarde, são pedaços de sonhos entretecidos com raios de sol. Um grande beijo

Gleicy Alves disse...

Ah, o Sol! Antes tão contente!
sempre esteve em minha vida
pena que durou só uma tarde
E o sol se foi...beijo.

Virgínia Allan disse...

Eu tinha o sol em minha vida, que "apagou numa tarde, nem parecia verdade"... a tarde ensolarada, ficou cinza... pensei duas vezes antes de voltar aqui e dizer que esse poema
me aconteceu!E nunca mais me devolveram o sol...

Danilo Egle disse...

Oi meu caro. Não escrevo versando pois não sou nem um pouco bom...rs!
Muito bonita essa fotografia, só clicando e olhando-a com cuidado para perceber alguns detalhes ao fundo. Bastante impactante, ainda mais pra quem vive aqui e sabe do peso que o Sol, as queimadas e até o Flamengo têm em todo mundo.
grande abraço, continue fotografando!

Amapola disse...

Que foto maravilhosa...
O poema então, sem palavras!

João Georges Mattos disse...

E a tarde caia
O sol escondia
nunca podemos reclamar
pois quando o novo dia chegar
Ele estará lá
para iluminar mais um dia
que poderá fazer a sua vida
uma alegria.

Grande amigo, olha que tive coragem de arranhar algo! rs
abraços!

João Georges Mattos disse...

E a tarde caia
O sol escondia
nunca podemos reclamar
pois quando o novo dia chegar
Ele estará lá
para iluminar mais um dia
que poderá fazer a sua vida
uma alegria.

Grande amigo, olha que tive coragem de arranhar algo! rs
abraços!

João Semaan disse...

E a tarde caia
O sol escondia
nunca podemos reclamar
pois quando o novo dia chegar
Ele estará lá
para iluminar mais um dia
que poderá fazer a sua vida
uma alegria.

Grande amigo, olha que tive coragem de arranhar algo! rs
abraços!

Dione Fonseca disse...

Vc manda muuito bem!!!

olga disse...

Ah, nada como o sol, a luz que emana para nos dar vida, amor, meu filho tanto a poesia quanto a foto estão lindas, te amo , adoro ler e ver suas poesias e fotos, eu te amooooooooooo.