sábado, 2 de janeiro de 2010

Perdido


Estás perdido, garotinho?
O que buscas aqui de madrugada
no meio do nada?
Pareces tão sozinho...

Tanto peso em teus ombros...
Por que te escondes?
Por que não me respondes?
O que há nesses escombros?

Se no silêncio há secura
No coração, resta a procura
de respostas num caminho

Mas como luar se és tão vespertino?
Como amar se és tão menino?
É... Estás perdido, garotinho...

6 comentários:

Virgínia Allan disse...

Um garoto perdido em meio aos escombros... que sorte o aguardará... mas, dizem que é preciso se perder pra se encontrar e é nesse momento que o menino se faz homem. Bela figura de linguagem. Não preciso te dizer muita coisa. Sabes o que penso. Beijo

Gleicy Alves disse...

Bela foto e texto,me lembra você,que durante esse ano vc possa escrever cada vez mais belos textos.

julian disse...

Rapha!!! Muito bom esse texto... Gostei pra caramba!!! me encaixo nesse texto.. as vezes me acho perdido.. (quase sempre...).. abraço.

Fatum disse...

"O amor da gente é como um grão: tem de morrer pra germinar". Gilberto Gil.

Às vezes (quase sempre) é necessário que haja ruptura para que as descobertas se mostrem e as escolhas sejam feitas.

Faça do medo uma escada e do sonho uma ponte...

Love U ever and ever!

Amapola disse...

Suas fotos já vêm impregnadas de poesia.
Aí então, quando a gente lê, parece que ela está saindo da imagem, como uma fonte de água pura.

olga disse...

parabéns meu filho, vc. é demais te amo